Advertisement

Image Map

[Resenha] Todo Dia


[Resenha] Todo Dia :


QUINTA-FEIRA, 31 DE MARÇO DE 2016

Autor: David Levithan
Livro: Todo Dia
Idioma: Português
Ano de Lançamento: 2013
Número de Páginas: 280
Editora: Galera Record
Classificação: ♥♥♥ 














Sinopse:
Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.

Sobre o livro:
Como foi dito na resenha "A" desde sempre acorda todos os dias em um corpo diferente e não sabe o porquê,mas vivendo tantas vidas ele se pega vivendo a de Justin - um garoto que não trata muito bem a namorada Rihannon. Porém Rihannon tem algo mais que especial,ela é o primeiro e único amor de "A",que apesar de estar em um corpo novo a cada dia,faz o que pode para estar perto dela. 

Cada capitulo do livro é como um diário do protagonista "A" que nos envolve cada vez mais em seus dias e em sua busca por respostas e pelo seu amor. É um livro que te cativa e faz você não querer chegar ao fim. Confesso que chorei, me apaixonei, fiquei aflita e quando o livro chegou ao fim não me contentei querendo urgentemente (para ontem) uma continuação.

O livro é  muito bem escrito, cativante, eletrizante e você não sente a menor vontade de parar de ler. 



Frases do livro:

"Quando você experimenta algo grandioso, o momento persiste em toda a parte para a qual você olha, e quer ocupar todas as palavras que você diz."   
"A bondade tem a ver com quem você é, enquanto a gentileza tem a ver com o modo como quer ser visto."  

"Tenho que me lembrar de que as pessoas normais também sentem isso: o desejo de pegar um único momento e transformá-lo em eternidade."  

"Ela é meu primeiro e único amor. A maioria das pessoas sabe que o primeiro amor não será o único. Mas, para mim, ela é as duas coisas." 


Resenha : Fallen


[Resenha] Fallen:
                           

Autora: Lauren Kate
Ano: 2010 
Páginas: 406
Editora: Galera Record
Pontuação: 
() Favoritado! 










Sinopse:
Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no internato. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder... mesmo que isso a aproxime da morte.


Sobre o Livro:
Lucinda Price é nossa protagonista que apos um acidente bastante trágico com o seu namorado acaba indo parar em um reformatório e se culpando pelo ocorrido. Luce se vê tendo que deixar sua vida antiga de lado e viver um presente que não era bem o que queria para si,mas mal sabia ela que nesse lugar estranho e sombrio encontraria respostas para seu vazio,seguindo passos para desvendar segredos em sua volta,o porque e quem realmente é. Luce conhece novas  pessoas bastantes diferentes e entre elas o misterioso Daniel Grigori que apesar de ser ríspido, ela não consegue fugir e negar uma forte ligação e atração a fazendo se envolver cada vez mais nesse mistério que a cerca.

Mesmo com a narrativa sendo em terceira pessoa o livro descreve bem Luce, seu comportamento e como ela é com os outros personagens nos fazendo se sentir mais próximos dela e de seu ponto de vista. No decorrer da história muitos podem achar o livro chato e parado devido a não conter  tanta ação ou movimentação, mas podem continuar a leitura tranquilos pois o final não fará você se arrepender. É a parte mais rica e intensa da história,contendo muitas revelações para Luce e dando gancho para o outro livro da série (Tormenta). Fallen é um livro que nunca teve meio termo: ou você ama ou não,mas como já foi dito apesar de algumas pessoas acharem a metade da historia parada, não se arrependeram com a sequencia, afinal é sempre bom dar uma chance (ou não,cabe a cada pessoa e gosto é gosto não se discuti).

Frase do Livro:

Apenas confie em mim quando digo que se apaixonar por ele seria uma ideia muito,muito ruim.
- Fallen.




Sobre o Filme:

O filme Fallen está previsto para ser lançado ainda este ano, o elenco já está a mil,já saiu trailer e a autora Lauren Kate já assistiu ao filme e correu no twitter para comentar o que achou:


Hey Fallenatics…I just saw the Fallen movie and it’s glorious. Get ready to scream in fall 2015. #fallenmovie 
Hey Fallenatics… Eu acabei de assistir o filme Fallen e ele é glorioso. Preparem-se para gritar no outono de 2015.


Segundo Lauren Kate o filme está fiel ao livre e pretende tirar seu folego. A pergunta que não que calar é se já posso correr para o cinema e como fica meu coração depois disso. Lembrando que o filme estava previsto para ser lançado aqui no Brasil em 2015. Então 2016 se joga no Fallen #Fallenatics.




{Resenha} O Pequeno Príncipe .


[Resenha] O Pequeno 

Príncipe:




Autor: ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY.
Série: O Pequeno Príncipe.
Ano: 2014
Páginas: 93
Editora: Agir.
Pontuação: 
() Favoritado!









Sinopse:

Um piloto de aviões,certo dia, precisou fazer um pouso de emergência no deserto do Saara. Sem condições de pedir ajuda e com água para apenas alguns dias, ele teria que fazer o conserto por ele mesmo correndo  risco de não conseguir.Ali acaba conhecendo um pequeno príncipe que diz ter vindo de um pequeno planeta distante. Na convivência o piloto passa a ver de uma forma diferente a vida,que por meio do olhar simples de uma criança lhe dar um novo sentido e repassar seus valores. o pequeno príncipe com sua forma comovente e o reencontro do homem-menino se tornou a maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia. 




Sobre o Livro:

Como já citado na sinopse nosso narrador-personagem é um piloto que acaba tendo que fazer um pouso forçado no deserto e assim acaba conhecendo o pequeno príncipe que apesar de sua pouca idade mostra ter uma grande sabedoria,valores bastante fortes,simplicidade e uma beleza enorme em sua forma de ver a vida. Fazendo assim o piloto pensar em sua infância e como os adultos com sua correria e prioridades muitas vezes por achar bobo ou não valorizar esse olhar acabam passando despercebidos pelo que realmente importa. Nos faz pensar no que deixamos para trás,perdemos ou deixamos de ver com outros olhos.É um trabalho maravilhoso que revolucionou a literatura infantio com sua metáfora,simbolismo e sua moral incrível nas entrelinhas.Um grande exemplo para todas as idades,de muita sabedoria em uma historia simples.


Frase do Livro:

“ É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se conseguir julgar a si mesmo, provará que é um verdadeiro sábio.” 
 “Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”




Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger