[Resenha] A Garota do Calendário: Junho.

[RESENHA] A Garota do calendário: junho.


Livro: 
A Garota do Calendário: Junho.
Autor:
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 160
Série: A garota do calendário, #4 livro / Calendar Girl.
Editora: Verus
Classificação: 
possui cenas de sexo, +18.










Sinopse: 

 O sexto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Mia vai passar o mês de junho em Washington com Warren, um coroa rico que precisa de uma mulher a seu lado para tratar com políticos e investidores. O acordo entre eles não envolve sexo — já com Aaron, o filho de seu cliente, Mia não pode garantir.



Sobre o Livro:

Neste mês Mia foi contratada por Warren Shipley para servir como sua "namorada troféu" e assim ajudar a inseri-lo em um circulo social  em Washington.  Warren é um viúvo bastante rico e poderoso no meio politico e precisa de colaboradores para seu projeto filantropo, onde busca construir um centro de operações para serviços médicos a países do terceiro mundo  e para isso precisará se inserir nos grupos sociais e conseguir as permissões. 

Este viúvo é bastante decidido mas sua vida pessoal deixa a desejar, porém Warren não é sozinho ele é pai do mais jovem senador dos Estados Unidos chamado: Aaron, o qual sentirá uma atração forte atração por Mia e neste livro veremos que nada é o que parece e teremos reviravoltas.

Achei Junho um mês pesado e de inicio bastante parado e chato, porém as coisas vão acontecendo e a escrita de Audrey começa a fluir e tonar as coisas intensas. Claro que neste mês também abordaremos um tema forte que é exposto de forma leve, mas isso não diminui a importância de combater esse tipo de questão.  A autora nos dará um misto de emoções neste livro e nos surpreende com os acontecimentos nos deixando ansiosos para os próximos livros. 

A  protagonista depois do mês anterior começou a pensar melhor na sua jornada e neste livro ela nos faz mergulhar nas suas lembranças e todos os personagens únicos e histórias interessantes que vivenciou, nos trazendo surpresas como retorno de alguns personagens dos livros anteriores ( muita emoção !). Mia solidifica muito bem sua ideia e a personagem forte que é,  nos deixando cada vez mais empolgados e ansiosos com os próximos livros. 

[Resenha] A Garota do Calendário: Maio.

[RESENHA] A garota do calendário: maio.


Livro: 
A Garota do Calendário: Maio.
Autor: Audrey Carlan.
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 144
Série: A garota do calendário, #4 livro / Calendar Girl.
Editora: Verus
Classificação: 
possui cenas de sexo, +18.







Sinopse: 

 O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.



Sobre o Livro: 

Neste mês Mia  Saunders será uma modelo de biquínis no Havaí e não terá tanto a participação de quem a contratou, deixando a dinâmica diferenciada.

A pegada do livro será diferente e este livro será fundamental para Mia se encontrar e refletir sobre o que quer, afinal nossa protagonista se ver aos 25 anos e sem perspectiva sobre o que irá  fazer da sua vida depois que sua jornada como a garota do calendário acabar. Então o livro deste mês acaba sendo uma das partes providencial desta história.

Nele temos mais a participação, interação e descobrimos um pouco mais sobre a irmã de Mia , sua melhor amiga Gin e também podemos conhecer um novo personagem bastante interessante chamado Tai.

Tai é um modelo samoano que será o parceiro de Mia na exibição de roupas moda praia, ele é um personagem único e a relação de "amizade" entre ele e Mia acabará ajudando um ao outro, pois Mía passa a olhar melhor seus sentimentos, seu passado, sua jornada e as pessoas que conheceu fazendo assim o crescimento do personagem e a fortalecendo.

O livro está muito sexual e sentimental, abordará assuntos como sexo casual, amizade colorida e nos mostrará um pouco da cultura do personagem Tai e seus valores. A escrita continua fluida e comparado ao anterior o nível tornou a subir, fazendo que a leitura nos prenda a história e deixando o livro muito fácil e rápido de ler. As características da escrita de Audrey deixam a serie toda empolgante. 

[Resenha] A garota do calendário: Abril.

[RESENHA] A garota do calendário: abril.

Livro: A garota do calendário: Abril.
Autora: Audrey Carlan
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 160
Série: A Garota do Calendário, livro 4 # / Calendar Girl.
Editora: Verus
Classificação: 
possui cenas de sexo, +18.












Sinopse:

Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... O cliente de abril é o astro do beisebol Mason Murphy, de Boston, que precisa de Mia a seu lado para melhorar sua imagem com os patrocinadores. Mason não está acostumado a ouvir “não” de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.


Sobre o Livro:

O cliente do més de Abril será: Mason Murphy, um astro do beisebol de Boston que vem perdendo sua credibilidade com a sua reputação de pegador e pelas suas noitadas. Acostumado a trocar de garotas como quem troca de roupa, esse astro não está acostumado a ouvir um não como resposta e precisará de Mía para mudar todo esse cenário com seus patrocinadores. 

Então este més Mía terá que vender uma imagem de casal apaixonado com Mason  e por trás de toda essa encenação verá que nada é como parece e as vezes a primeira imagem de uma pessoa pode mudar . 
Logo no inicio do livro Mia sente uma tensão no ar entre Mason e  Rachel ( trabalha como reações publicas de Mason) e começa a procurar o porque as peças não estão se encaixando nesta história, abordando novos assuntos e nos mostrando o lado interessante deste novos personagens. 

O livro possui varias características na escrita, não é tão cômico quanto o anterior e por isso o leitor vai sentir falta de algo mais , porém aborda um tema bastante importante e  nós sensibiliza com o assunto de uma forma leve, tem romance sim e também nos mostra um pouco aquele lema de que pessoas publicas tem uma certa influencia e pode fazer coisas boas com relação a isso.  Achei o livro de inicio um pouco travado, mas a história acaba fluindo bem e nos mostrando outro lado de Mia. 

[Resenha] A garota do calendário: Março.

[RESENHA] A garota do calendário - março:

Livro: A garota do calendário: Março.
Autora: Audrey Carlan
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 144
Série: A Garota do Calendário, livro 3 # / Calendar Girl.
Editora: Verus
Classificação: 
possui cenas de sexo, +18.











Sinopse:

 Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Mia vai passar o mês de março em Chicago com o empresário Anthony Fasano, que a contrata para fingir ser noiva dele. A princípio Mia não entende por que um homem tão lindo e másculo precisa de uma falsa noiva.



Sobre  Livro:




Quem contrata a Mia nesse mês é Anthony Fasano, filho de uma família italiana tradicional, boxeador e herdeiro de uma rede de restaurantes. Anthony na verdade é um personagem gay e tem um relacionamento com Hector (companheiro, amigo da família e advogado da empresa), porem Anthony não assumi por medo do julgamento de sua família, parcerias e da mídia. Então Mia desde que chega na casa de Anthony já fica a par da situação e de que foi contratada para se passar por sua noiva no mês de Março e mostrar a imagem que ele acha ser a mais ideal para a mídia e sua família.  Como podemos perceber logo no inicio a visão de Anthony não agrada Hector e Mia lhe deve passar uma outra perspectiva sobre o assunto, afinal será que o segredo de Anthony vale a perca de sua felicidade e amor?      

Achei este mês o mais engraçado e eu realmente não esperava ler um livro assim tão divertido,a autora escreve muito bem a ligação dos personagens e como encaixa Mia ao tema, que inclusive achei um ótimo tema a ser abordado. A autora teve uma sensibilidade leve, o volume melhorou a serie, temos interação com a irmã de Mia e também nele teremos uma interação de Mia com Blake sobre a divida de seu pai.                                                                                   


A autora também trás umas revelações aos leitores, no fazendo torcer muito para os próximos meses chegarem logo. 



Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger